Clarice X Millôr

"Voltamos a falar da vida e sobre o que mais nos importava. O que mais importa na vida?
A relação humana. O amor. A paixão, nisso incluída. Também, ou sobretudo, as paixões condenadas, de homem com homem e mulher com mulher. Como sou aquilo que a sociedade chama de saudável e normal, as paixões anormais merecem o meu maior respeito."

Trecho da entrevista que Millôr Fernandes concedeu a Clarice Lispector, em janeiro de 1977. O resto, aqui.
segunda - 31 de março, 23h12


Moa

Três desenhos do cartunista gaúcho.





Pra ver mais, entra no site dele.
segunda - 31 de março, 11h40


Leitores de um livro só

"Alguns se aprisionam voluntariamente, não por não lerem, mas por estarem dispostos a ler apenas aquilo com que já possuem afinidade. Se o livro é uma janela aberta para o mundo, estes são leitores que procuram uma única abertura voltada para o que lhes melhor convém. Lêem um livro só - aquele que eles mesmos escreveram como manual para enxergarem o mundo. (...) O potencial subversivo da literatura advém, em grande parte, do fato de ela ser construída na mente do leitor. E eu já escrevi em outro lugar que é difícil para o sujeito rejeitar o que ele mesmo construiu no palco escuro de sua mente. É por isso que se queimam livros, e nisso os censores são mais perceptivos que aqueles críticos aos quais tudo se resume a estéticas e conceitos."

Roberto de Sousa Causo, escritor e crítico, em sua coluna no Terra Magazine.
quarta - 19 de março, 14h


Liberdade lingüística

Um blogue que exalta a cultura da Galícia me causou confusão mental. Não pelo conteúdo, mas pela forma: o galego é um idioma meio espanhol, meio português e com algumas esquisitices específicas, do tipo:

"(...)O vídeo, de preto de seis minutos e elaborado principalmente a base de imaxes gravadas no seu día para o programa de TVG Galicia para ou mundo, péchase cunha serie de fotografías que mostran o forte impacto ambiental e paisaxístico das explotacións louseiras da serra."

Oi?

Abaixo, um vídeo ufanista sobre a região - com legendas em espanhol.

E este aqui é o blogue.
quarta - 19 de março, 12h


Novidades à vista

Depois de um ano de trabalho, está em processo de finalização o "Granada" - meu primeiro livro. É uma coleção de crônicas novas e velhas. Tipo um best of, com algumas novidades pra lançar de single. Heh.

A novidade não vem sozinha: o livro sai pela Armazém de Livros, nova editora do Junior - o maior entusiasta das letras que eu conheço e incansável trabalhador pela cultura deste Estado. Segundo o próprio, a Armazém não tem pretensões de tomar o mercado de assalto, nem de construir um catálogo vasto em diversas áreas da literatura. Num passo pequeno, vai lançar agora o "Granada" - que, aliás, tem financiamento do Fumproarte (o fundo da Prefeitura de Porto Alegre para incentivo à produção cultural) -, com perspectivas de, coisa que só quem produz cultura há muitos anos sabe, trabalhar o livro. Afinal, editora nova que lança autor e o esquece em seguida é o que mais tem por aí.

Voltando às vacas magras, o livro tá bonito, chique, cotchiporâneo. A mão sábia do editor escolheu um cara da hora pra cuidar da capa e projeto gráfico - o Rafael Vivian, ex-colega de trabalho que sacou o espírito do "Granada" com precisão. Ou seja, com estes dois rapazes talentosos e espertos na parada, fico muito tranqüilo quanto ao quê esperar deste livro.

***

Lançamento só no mês que vem, rapá. Você e todos os outros quatro leitores deste blogue serão devidamente avisados.

***

Não posso mostrar nada do leiaute do livro pra vocês, mas uma coisa eu digo: é bem mais legal que a capa do novo CD da Madonna. É óbvio.
segunda - 17 de março, 18h23


Inveja mata (o outro)

"Diderot dizia que o talento é imperdoável. Sim. Eu prefiro parafraseá-lo dizendo que a beleza é imperdoável. A beleza pode ser exibida. As pessoas podem chamar alguém de 'linda'. Mas a feiúra é protegida por leis. Leis que Nietzsche identificou como próprias da 'modernidade'. Ninguém pode chamar o outro de 'feio'. (...) Não podemos chamar uma criança burra de burra. E ensinamos as outras crianças a também não dizer isso. Queremos que não sejam 'cruéis'. Mas é preciso saber lidar com a crueldade, pois quando a reprimimos de um lado, ela pode apontar sua cabeça de outro. E a inveja pode ser seu alimento e estopim."

Paulo Ghiraldelli Jr., o "filósofo da cidade de São Paulo", no texto "O fogo, a beleza e a inveja", publicado em seu blogue.
segunda - 17 de março, 17h50


Em 3D

Estudantes gringos encenam Super Mario Wolrd num show de talentos.

Já ganhou.
terça - 11 de março, 13h21


War in the south american way

Todas as previsões estavam erradas. Pelos indícios que o mês de março trouxe, a Terceira Guerra Mundial vai começar pela América do Sul. Sorte a nossa, por que o Brasil está muito longe deste continente que o cerca. Longe, longe demais.

Farc é problema nosso também. Assumamos.
quinta - 6 de março, 21h



o espírito de porco olha por este blogue


tem uma entrevista
velha aqui


repolhópolis
groundhog day
caderno de vidro
pensar enlouquece
caligrafia na pele
república livre
entretantos
sympton of the universe
trEPA!
descartável.com
banho-maria
o calcanhar do aquiles
filosofonet
te dou um dado?

vitor.diel@gmail.com


2008
fevereiro
janeiro

2007
dezembro
novembro
outubro
setembro
agosto
julho
junho
maio
abril
março
fevereiro
janeiro

2006
dezembro
novembro
outubro
setembro
agosto
julho
junho
maio
abril
março
fevereiro
janeiro

2005
dezembro
novembro
outubro
setembro
agosto
julho
junho
maio
abril
março
fevereiro
janeiro

2004
dezembro
novembro
outubro
setembro
agosto
julho
junho
maio
abril
março
fevereiro
janeiro

2003
dezembro
novembro-outubro
setembro
agosto